Por infâncias com menos plástico – e mais natureza

PSG_0061

26 out Por infâncias com menos plástico – e mais natureza

Você já parou para observar do que é feito a maioria dos brinquedos infantis presentes nas lojas? 

O estudo Infância Plastificada, do Grupo de Estudo e Pesquisa em Química Verde, Sustentabilidade e Educação (GPQV), da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), aponta que 90% de todos os brinquedos no mundo são feitos de materiais plásticos.

O plástico é um dos maiores poluentes dos oceanos e desempenha um considerável papel na crise socioambiental do planeta. Além de possuírem substâncias potencialmente tóxicas para as crianças, os brinquedos plásticos trazem consigo o estímulo ao consumo na infância. O excesso de publicidade dirigida às crianças pela indústria de brinquedos, nas telas de TVs e Celulares, logo cedo apresenta o pensamento de que é preciso ter para ser. 

As crianças e adolescentes vivem uma experiência de confinamento nos centros urbanos, passando a maior parte do tempo em ambientes fechados, cercados pela tecnologia. Estamos falando de infâncias cada vez mais distantes da natureza e com menos espaços ao ar livre disponíveis e seguros. Por isso, é urgente a reflexão sobre a escolha dos materiais que oferecemos para o brincar. 

Entendendo a importância do brinquedo e do brincar livre para o desenvolvimento infantil, o Instituto Alana, com apoio dos programas Criança e Natureza, Território do Brincar e Criança e Consumo, apresenta o informativo A brincadeira e o brinquedo precisam de plástico? contendo alternativas que favorecem o desenvolvimento e a saúde das crianças.

ACESSE O MATERIAL COMPLETO, CLICANDO AQUI

Quando incentivamos as brincadeiras com elementos naturais – água, terra, galhos, sementes, etc. – com diferentes formas, texturas e cheiros, seja em espaços abertos ou em casa, proporcionamos às crianças um novo mundo de possibilidades. Diferentes do brinquedo industrializado, os elementos naturais estimulam a criatividade, a imaginação e o fazer coletivo.

SAIBA MAIS

BENEFÍCIOS DA NATUREZA NO DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES